Google– ou –

PL 544-2014

Criará o Programa Integra Bike para implantar sistema de aluguel de bicicletas públicas nos principais terminais rodoviários, estações de trem e de metrô.

Este projeto de lei vai criar o Programa Integra Bike, para implantar e integrar um sistema de aluguel bicicletas públicas, nos principais terminais rodoviários, estações de trem e de metrô.

Compreende-se por sistema de bicicletas públicas: sistema sustentável de transporte de pequeno percurso, para deslocamento de pessoas, com mecanismo de autoatendimento para a disponibilização de bicicletas compartilhadas pelos usuários, conectando os bairros aos terminais de transporte público.

Os principais objetivos do Programa serão: 

- Tornar a bicicleta um modal de transporte na Cidade;

- Integrar os bairros aos terminais e eixos modais de transporte público, por meio de estações para retirada de bicicletas por aluguel;

- Integrar o sistema de bicicletas ao Bilhete Único, garantindo a interação dos transportes municipais;

- Oferecer o serviço nos bairros periféricos da Cidade.

Este programa consiste na instalação, operação e manutenção de rede de estações para disponibilizar bicicletas compartilhadas, mediante cadastramento prévio.

Deverão ser instaladas estações de autoatendimento para a disponibilização de bicicletas à população de forma eletrônica e automatizada.

As estações deverão ser instaladas prioritariamente em bairros periféricos.

As estações funcionarão todos os dias da semana, das 06:00 às 22:00 horas,

para a retirada das bicicletas, e a devolução poderá ser feita 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Será obrigatório oferecer capacetes aos usuários em todas as estações.

O plano de implantação do Programa, no que diz respeito à localização das

estações, deverá ser realizado com base na participação popular, através de comissão composta por representantes da comunidade onde será instalada a estação, de ciclistas organizados e de técnicos e/ou representantes da Prefeitura.

Para a utilização das bicicletas a pessoa deverá fazer um cadastro na internet, ou comparecer ao sistema de atendimento da Secretaria Municipal dos Transportes.

O programa deverá ser integrado ao sistema de bilhetagem municipal da Secretaria Municipal dos Transportes, o "Bilhete Único".

Para liberação das bicicletas por meio do Bilhete Único o usuário deverá ter cadastro no mesmo, além de ter cadastrado seu Bilhete Único no sistema deste programa.

O aluguel da bicicleta terá o valor de uma tarifa do Bilhete Único com duração máxima de 60 minutos, além do intervalo mínimo de 15 minutos entre viagens sucessivas.

Será cobrada uma multa daquele usuário que exceder 60 minutos de uso e/ou não respeitar o intervalo mínimo de 15 minutos entre viagens sucessivas.

Em caso de reincidência o usuário será suspenso dos serviços pelo período de seis meses, podendo voltar a usufruí-los normalmente após o período.

Os valores arrecadados com as multas deverão ser revertidos à manutenção, melhoria e ampliação do sistema.

O vereador explica que o objetivo do projeto de lei é tornar a bicicleta parte do sistema de transporte público da cidade, interligando os transportes de massa, como o metrô e os trens da CPTM, aos bairros habitacionais nos subúrbios.

Votos dos cidadãos

BR — 2.643 votos, 2.247 sim, 396 não
SP— 5 votos, 2 sim, 3 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

40 classificações
28%
40%
10%
5%
3%
15%

47 comentários

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

jorge amaralSim

se não tiver subsidio público (cobrar uma viagem ok, mas qual o prazo de amortização dessas bicicletas?); se realmente for na periferia, integrando com os modais existentes; se a implantação for da Secretaria de transportes e não dessas bobagens de coletivos de ciclistas, comunidades e gente que se acha representante de alguma coisa, pode até funcionar.

10212448864211153

Willians Oliveira

Qualquer estimulo ao transporte limpo e saudável deve ser apoiado.

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Francisco Gomes

A iniciativa privada já se encarregou disso, não precisamos de mais recurso público destinado a algo que a iniciativa privada já oferece com qualidade e DE GRAÇA

1618901465057426

Heron Willrich

Se diminuir a intervenção estatal diminui proporcionalmente a corrupção. A formula atual é: Criar dificuldades para vender facilidades!

10154108839711113

Ari Meneghini

Aluguel ou compartilhamento que é sustentado por propaganda no sistema como as bikes laranjas patrocinadas pelo ITAÚ.

718728251606425

Claudio Mello

Quem aluga paga o custo! SIM!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Ivan James

NÃO ao aumento de custo desemfreado!!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Vinicius Russo

Perfeito!

10154154909659839

Thereza Estellita

deveria ser aluguel gratuito para atingir aos mais necessitados

1399039476773635

Kleber Apaza

Desnecessário

512578738924421

Walter Bellianin

arrecadar? sem investir, e qdo o fazem superfaturam, como os 40 milhões no viaduto, q pegou fogo porcausa de um caminhão, e a prefeitura não faz nada, como os inumeros carros que sobram nos carnavais, q ficam em baixo de pontes, com possibilidade de incêndio, e o prefeito não faz nada, só impede a população de ficar em baixo do MASP ... chega de um peso e duas medidas, chega de corruPTos..

1319981579

Karin Ricciardi

Nada disso mais uma para roubar. Investe em educação e saude

1656355617

Reinaldo Verissimo

Nada disso.. incentive empresas como a Bike Sampa ao invés de concorrer com ela.. a cidade não tem dinheiro pra isso

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Tiago Issa

Desde que seja barato e não uma fonte de renda e lucro. Eu diria que deveria ser gratuito.

1020401132

Eduardo Cabral

Vereador petista procurando uma mamata detected.

1091418397552522

Wagner Benetollo

Desde que seja da iniciativa privada.

100007716212220

Eli Marquine

Que empresas privadas façam isso se quiserem.

1113051718712868

Sandra Teixeira

Primeiro, eles queimam nosso $ para pintar o asfalto. Depois, pensam em como viabilizar as ciclovias. Fora Haddad.

1113051718712868

Sandra Teixeira

Primeiro ele torra $ para pintar o chão. Depois é que pensam em como viabilizar. Prefeito lixo. Fora Haddad

100002641512236

Esther Amorim

Não concordo com a tarifa, o valor pago seria o mesmo de uma passagem de ônibus, porém, com direito a, apenas, 1 hora de uso da bicicleta, tempo insuficiente e não equivalente, em distância, ao ônibus. Para haver incentivo, o valor deveria ser inferior aos dos transportes públicos já existentes.

Carregar mais comentários