Google– ou –

PL 479-2015

Trará nova regulamentação para o serviço de táxis e regulamentará aplicativos de transporte individual, como o Uber, exigindo alvará, cadastro pela Prefeitura, e pagamento de impostos.

Este projeto de lei vai criar regras para que serviços de transporte individual, como o oferecido pelo Uber, possam operar no município e, ao mesmo tempo, reorganizar o atual sistema de táxi.

Entenda os principais pontos do projeto:

Alvará para táxis e aplicativos de transporte individual: Os motoristas de táxis e de aplicativos de transporte individual (Uber) vão precisar de alvará para operar. 

A concessão do alvará não será mais dada por meio de sorteio, mas através de cadastro a ser realizado em uma plataforma digital operada pela prefeitura. O alvará será pessoal e intransferível, impedindo seu comércio e aluguel, bem como a exploração do taxista pelo taxista.

Ampliação do número de alvarás: O número de alvarás concedidos aumentará na proporção de um veículo para cada 170 habitantes. Isso significa um acréscimo de cerca de 20 mil alvarás em relação à quantidade atual.

A tabela de preços do táxi será o teto também para o transporte por aplicativos: Os táxis permanecerão operando com taxímetros e tabela de preços. Já os aplicativos de transporte individual poderão manter a cobrança por algoritmo, porém, tendo a tabela do táxi como teto.

Cadastro biométrico do motorista: Tanto o motorista de táxi quanto o do Uber deverá estar identificado, por meio de biometria (impressão digital), em dispositivo específico instalado no veículo para registrar o início e o término da jornada diária de trabalho, que não poderá ultrapassar 12 (doze) horas.

Tributação: Tanto os motoristas de táxis quanto os do Uber estarão sujeitos ao pagamento da mesma alíquota do Imposto Sobre Serviço (ISS).

Compartilhamento de informações: As empresas de tecnologia cadastradas na plataforma digital manterão a prefeitura informada sobre as corridas efetuadas, seus trajetos, horários de pico e demais particularidades do serviço que possam contribuir para a realização de pesquisas sobre mobilidade urbana, preservados a intimidade do usuário e o sigilo dos dados pessoais dos envolvidos.

Exigências para cadastro na plataforma digital: Para obtenção do alvará, o motorista de táxi ou do Uber precisará preencher diversos requisitos, como dispor de GPS; permitir sua prévia identificação por foto e acesso aos dados pessoais e do veículo; estar em dia com o pagamento de contribuição para o Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS.

Pontos de táxi: Os novos alvarás não englobarão o Alvará de Estacionamento (pontos de táxi). No entanto, os atuais continuarão valendo até prazo limite. Os pontos privativos que deixarem de ter motoristas vinculados, passarão a ser de estacionamento livre para qualquer motorista.

Votos dos cidadãos

BR — 2.970 votos, 1.184 sim, 1.786 não
SP— 2.187 votos, 799 sim, 1.388 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

91 classificações
32%
8%
0%
5%
5%
49%

157 comentários

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

A. RosenoNão

O projeto é similar ao do vereador do PSD, então não.
Não concordo, pois o UBER não é uma empresa na qual o exista um micro-empreendedor ou empreendedor na qual esta pague os seus impostos, e sim, é um conjunto de PESSOAS que se VOLUNTARIOU ao sistema de serviço de transporte em prestar serviço para a sociedade. Um motorista desse perfil portanto, não se enquadra nas regulamentações da proposta do vereador.

100002607299259

Fernando NunesNão

chega de SOCIALISMO , vao morar na venezuela comunistas

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Artur Alvim CurySim

Reaça!!! coxinha burguês vai morar na favela ver se a vida é fácil!!!

1217342768358212

Nelson MonteiroNão

Chega de regular o setor privado. Governo demais neste país de políticos sem ter o que fazer.

803407726437126

Alihael FernandoNão

mais impostos

1438062766221359

Rafael DiasNão

Mafia de Taxi 2 a ressurreição??? se legalizou media o prefeito Haddad o Uber ja paga imposto !! para de criar mafia fazendo o favor!!

100005604367061

Marcos SantosNão

Todos os projetos visão regulamentar um serviço que funciona muito bem sem regulamentação. MENOS ESTADO E MAIS LIBERDADE!!

226939797721829

Aline Fernanda TeixeiraNão

Melhora para os taxis sem piorar o UBER!!!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Marcelo ArtsNão

para de enxer o saco do uber

1092520895

Rodolpho SaNão

Menos estado, sempre!

1618901465057426

Heron WillrichNão

Se diminuir a intervenção estatal diminui proporcionalmente a corrupção. A formula atual é: Criar dificuldades para vender facilidades!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Heverton OliveiraNão

UBER sem intervenção do Estado e sem imposto!

100000319633367

Evandro BarraNão

Não. Chega de pagamento de impostos. Parem de ir buscar no dinheiro do contribuinte, a solução para a falta de criatividade e de foco de vocês em gerir recursos. Apertem os cintos, vocês também!

790610784380601

WESLEY CAIQUE E SILVANão

impostos sim

1514091466

Rodrigo OvchinnikovNão

Chega de estado

982873908500091

Leticia SantosNão

Chega de imposto

824535636

Ricardo SilveiraSim

Karin, a não regulamentação é que traz desemprego descontrolado. Leia direito o projeto.

1319981579

Karin RicciardiNão

Chega que regulamentaçoa que só traz desemprego!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Artur Alvim CurySim

Todo apoio ao UBER!!!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Ivan JamesNão

CHEGA DE REGUAMENTAÇÃO que só traz DESEMPREGO.

Carregar mais comentários