Google– ou –

PL 348-2015

Criará cinco Centros de Diagnóstico, Acolhimento e Tratamento de Tuberculose em cada região da cidade.

Cada Centro de Diagnóstico, Acolhimento e Tratamento de Tuberculose deverá ser composto por Médico Sanitarista, Pneumologista, Tisiologista, Infectologista e Psiquiatra. As equipes deverão contar, ainda, com Enfermeiro Auxiliar de Enfermagem, Assistente Social, Psicólogo, Nutricionista e Farmacêutico. 

Todo cidadão acolhido no Centro de Diagnóstico, Acolhimento e Tratamento de Tuberculose contará com atendimento clínico, social e psicológico de que necessite.

Segundo o vereador Gilson Barreto, a proposta visa garantir a todo cidadão que utiliza o sistema de saúde pública tratamento especializado em tuberculose, garantindo o atendimento médico adequado para esse tipo de enfermidade que vem aumentando consideravelmente em nosso município.


Votos dos cidadãos

BR — 285 votos, 234 sim, 51 não
SP— 33 votos, 30 sim, 3 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

1 classificações
100%
0%
0%
0%
0%
0%

6 comentários

Brasil cara pintada

Cicero Emerson SouzaSim

Algo interessante, se tiver recursos e funcione, é interessante !!!

100002607299259

Fernando NunesNão

a ideia é otima. se TIVESSE GRAN ...vai sair de onde o dinheiro ??? do seu salario ?

1601628800129544

Wesley Caique IISim

Justo saúde pública é necessário, e que seja sem OS´s tem que ser totalmente público

100003080388833

Carlos HenriqueSim

Mas com apoio privado

1217342768358212

Nelson MonteiroNão

Finanças Públicas não comportam mais despesas e mais impostos para o contribuinte. Precisa melhorar os recursos com a saúde existentes.

1003132516470119

Wagner GoncalvesSim

Quem trabalho com os portadores de Tuberculose,entende a necessidade de um Centro como este,façam uma pesquisa e vejam como a AIDS,após a criação dos SAEs,teve um melhor acompanhamento e se tornou uma referencia para o Mundo.Os portadores de Tuberculose precisam urgente de locais específicos para atende-los.