Google– ou –

PL 232-2010

Obrigará as escolas públicas e particulares a desenvolverem atividades sobre as consequências do uso de drogas.

Este projeto de lei determinará que as escolas da rede privada e pública do deverão adotar atividades pedagógicas multidisciplinares, nas salas de aula, destinadas a transmitir ensinamentos sobre as conseqüências do uso de drogas lícitas e ilícitas.

As atividades deverão seguir as seguintes regras:

– carga horária semanal mínima de 1 hora, sem acréscimo da já prevista;

– apresentação de reportagens, vídeos, livros, apostilas, debates, palestras de profissionais da área da saúde, estatísticas e outros meios para melhor orientação aos alunos;

– abordagem sobre a necessidade dos alunos praticarem esporte, servindo-se de alimentos saudáveis, buscando a saúde e elevação de autoestima;

– informações sobre a relação do uso das drogas com as doenças sexualmente transmissíveis;

– possibilitará que os professores recuperem mais fortemente seu papel de referencial e líder para os seus alunos;

– terão como objetivo a interação entre aluno, família e escola.

As escolas deverão abordar, de forma complementar, temas como ecologia, poluição, trânsito, reciclagem, consumismo, responsabilidade, respeito, solidariedade e amizade. 

Segundo o vereador, este projeto de lei não tem a pretenção de acabar com todos os problemas relacionados às drogas, mas ele defende que o desenvolvimento regular e por um longo período das atividades sugeridas nesta proposta, poderá contribuir para a formação de jovens com mais autoestima e mais informados.

Votos dos cidadãos

BR — 1.931 votos, 1.696 sim, 235 não
SP— 2 votos, 2 sim, 0 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

17 classificações
24%
18%
12%
6%
24%
18%

18 comentários

100002607299259

Fernando Nunes

petralha sempre querendo obrigar .... nao sao democraticos ...escola PARTICULAR nao tem q seguir a cartilha de escola publica...senao vira um lixo igual

1217342768358212

Nelson Monteiro

Já e´feito há 50 anos

105026579933744

Emílio Garrastazu Médici

A verdadeira droga nas escolas são a doutrinação nas escolas. Escola sem partido já!

2000px anticommunism.svg

Claudio Rondee

Primeira droga que deveriam combater é a doutrinação marxista nas escolas.

100003080388833

Carlos Henrique

Mas acho que o governo federal tem que primeiro combater o trafico com mais intensidade ai nem seria preciso ensinar que drogas são ruim

967983059937570

Riekaard Vanderbilt

Já tem essa porcaria! As crianças debocham do leãozinho do Proerd ou coisa parecida. Fechem a fronteira da maconha q melhora!

1710038695918342

Flavia Albino

Educacao Financeira e ensino Liberal tb seria otimo. Parem de manter o povo refem e tudo vai melhorar.

679943174

Bruno Leme

É de Tatto eu voto NÃO!

1052783698127084

Gabi Bittencourt

Precisa sim, é um absurdo o número de jovens se drogando

1704132529862064

Carlos Magno

Ai vao e lanca outra especie de cartilha de como ensinar as criancas usar drogas...

1101121686567215

Egnaldo Mk

Fazer as que já existe funcionar, seria um projeto interessante

1236218279819188

virginio arruda

Já existe o PROERD para isso nas escolas nobre vereador.

1735378732

Monica Sibele Parra

A polícia já não faz isso através só Proerd? Meus filhos lembram até hoje

1010634178993637

Vinicius Lima

E quem vai fiscalizar?

1057478114277443

Ana Claudia Benatti

divulgar o Proerd da PM..

100000525733367

Franklin Roosevelt Palácio Jardim

depende do desenvolvimento da mesma

100001606779171

Luiz Felipe Marcondes

Para isso já existe o PROERD da Polícia Militar de São Paulo, a qual eu e meu irmão fomos parte do programa em escola municipal

100000085348915

Anne Lieri

Para isso não é preciso lei. Se o sr. Arselino Tatto conhecesse os professores saberia que esse tema já é ardentemente trabalhado desde as EMEIS.