Google– ou –

PL 187-2016

Permitirá que os gestores e assistentes de diretores de escolas tenham uma parte da carga horária de trabalho como Horas de Formação para estudos e pesquisas, da mesma forma que os professores têm.

Este projeto de lei vai considerar como horas de formação, 10% do total de horas da jornada de trabalho semanal dos profissionais de educação como os gestores e assistentes de diretores.

Horas de Formação é período de estudos incluído na carga horária de trabalho.

Pela lei atual, somente os professores têm direito às Horas de Formação, outros profissionais da escola não têm.

Este período de Horas de Formação poderá ser cumprido em local e horário de livre escolha.

Os Profissionais de Educação terão direito à mesma quantidade de dias do Recesso Escolar no mês de Julho, conforme escala própria.

Segundo o vereador, o objetivo deste projeto de lei é dar as mesmas condições para as classes dos docentes e dos gestores.


Votos dos cidadãos

BR — 460 votos, 353 sim, 107 não
SP— 44 votos, 35 sim, 9 não

Filtrar gráficos

MasculinoFeminino

Classificação do cidadão para este projeto

3 classificações
0%
33%
0%
0%
0%
67%

5 comentários

1290772897615527

Cheryl BernoSim

treinamento é primordial em qualquer lugar!!!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

angelica cNão

Pra que? Assistentes de gestores sem fazer nada? Professores precisam preparar aulas, outros funcionarios NAO.

1217342768358212

Nelson MonteiroNão

Precisa fazer funcionar o que tem.

499384946903550

Fabricio Evandro MoserNão

Como professor é bom que todos saibam a realidade: os gestores e assessores ganham horrores a mais que os professores para cumprirem a jornada integral. Não cabe a eles o acesso a isto haja vista que ganham bem para tal. Se for para equiparar os direitos dos professores, que os professores ganhem como gestor e assessor!

Square user masculino 418e2740fbf94a752b1882289354031b2dca271aa357d27789dd68e5c9a344c0

Artur Alvim CurySim

Acho justo todos os profissionais do setor educacional merecem apoio na formação, na carreira e na melhoria dos seus salários!!!