Google– ou –
Ricardo Nunes
Vereador • 1º mandato • São Paulo

Ricardo Nunes

Pmdb f9f3fe3c1760a1194abe8b31f556b8832db79fdc7ae57497f284ae2f4a1493b1PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro

9 projetos cadastrados

1 aprovado, 0 reprovados

Votos em 19 projetos

19 sim, 0 não

Ranking
  • Eduardo Tuma
    12º
  • Adilson Amadeu
    13º
  • Ricardo Nunes
    14º
  • Toninho Paiva
    15º
  • Reis
    16º

Aceitação Geral

8.173 votos

5.484 sim

2.689 não

Total de comentários

167

Classificação Geral

Urgente
39%
Relevante
27%
Corajoso
3%
Inviável
3%
Irrelevante
5%
Sem noção
23%
Email:

ricardonunes@camara.sp.gov.br

Site:

http://www.ricardonunes.net.br/

Facebook:

https://www.facebook.com/ricardonunessaopaulo

Twitter:

ricardo_nunessp

Telefone:

(11) 3396-4063

Biografia +
Acostumado a trabalhar desde sua juventude, Ricardo Nunes estreou como jovem empreendedor em seu primeiro negócio com a fundação do Jornal de Bairro “Hora de Ação”. Pouco tempo depois abriu a empresa Nikkey que possui hoje diversas filiais, sendo um empresário de sucesso. Ricardo Nunes foi presidente de uma das mais importantes entidades empresariais da capital paulista, a AESUL (Associação Empresarial da Região Sul). Com vocação para o associativismo, e uma vida de cooperação, generosidade e cidadania, fundou a ADESP (Associação das Empresas Controladoras de Pragas do Estado de São Paulo) e a ABRAFIT (Associação Brasileira das Empresas de Tratamento Fitossanitário e Quarentenário). Importantes órgãos que desenvolvem trabalhos junto com a comunidade e no meio profissional. Como voluntário Ricardo Nunes é colaborador em diversas entidades, como a SOBEI (Associação Beneficente de Interlagos), entidade sem fins lucrativos que atende mais de quatro mil crianças.

Criará o “DISQUE-PICHAÇÃO” para receber denúncias anônimas sobre pichadores.

Proposto por 15 vereadores
Adilson Amadeu do PTB

Aurélio Nomura do PSDB

Criará o Programa Agente Cidadão Sênior para que pessoas com mais de 65 anos de idade possam trabalhar na recepção de hospitais e escolas e receber um auxílio no valor de 1 salário mínimo.

Proposto por 12 vereadores
Alessandro Guedes do PT

Calvo do PMDB