Google– ou –
Laércio Benko
Vereador • Mandato • São Paulo

Laércio Benko

Phs 05c89db2f44ba33fbc5702cb181a43f544466c9c0932d89d544898a0b91bd188PHS - Partido Humanista da Solidariedade

6 projetos cadastrados

1 aprovado, 0 reprovados

Votos em 20 projetos

20 sim, 0 não

Ranking
  • Valdecir Cabrabom
  • Laércio Benko
  • Eduardo Suplicy
  • Vavá
  • Abou Anni

Aceitação Geral

15.178 votos

12.779 sim

2.399 não

Total de comentários

465

Classificação Geral

Urgente
54%
Relevante
21%
Corajoso
3%
Inviável
3%
Irrelevante
4%
Sem noção
16%
Email:

laerciobenko@camara.sp.gov.br

Site:

http://www.laerciobenko.com.br/

Facebook:

https://www.facebook.com/laercio.benko

Twitter:

laerciobenko

Telefone:

(11) 3396-4213

Biografia +
O vereador Laércio Benko é nascido na Capital Paulista, sentindo na pele todas as dificuldades do cidadão paulistano de baixa renda. Com muita luta, formou-se em direito, logo abriu seu próprio escritório de advocacia. Sem se esquecer das dificuldades que enfrentou, desde o início, estabeleceu de forma pioneira, uma quota social para atendimento jurídico gratuito às pessoas carentes em todas as áreas do direito. Mas não parou por aí, voltou à faculdade e se especializou em Direito Tributário. Segundo Isabel Benko, mãe, com apenas 6 anos de idade, já surpreendia com o interesse em assistir o Jornal Nacional, era sagrado, e em época de candidatura, não perdia o Horário Político. Fato que desencadeou em sua juventude a liderança de diversos grupos sociais e na fase adulta, por diversas vezes, os cargos que ocupou na Prefeitura de São Paulo, sempre buscando mudanças, o aprimoramento e a qualidade dos serviços prestados ao cidadão. Em 2008, Laércio Benko fundou a Associação Brasileira dos Contribuintes, instituição sem fins lucrativos que atua em defesa de empresas e dos cidadãos pagadores de impostos, defendendo a redução da carga tributária, taxas e preços públicos, e a aplicação efetiva do Código de Defesa do Consumidor aos Serviços Públicos entre outras bandeiras igualmente importantes. No mesmo ano, 2008, Laércio Benko foi convidado a integrar o quadro de fundadores do Instituto Médico Hospitalar Latino Americano, que dirigido pelo consagrado Médico Bruno Zilberstein, trabalha pela universalização do atendimento médico e da pesquisa médico-hospitalar, em benefício da população carente. Na vida política partidária, Laércio Benko foi filiado ao Partido Verde. Em 2010, quando à época atuava como Secretário Jurídico Estadual, foi nomeado Vice-Presidente do Partido em São Paulo. Em 2011, atuou com o movimento de transformação liderado por Marina Silva, que culminou com o seu desligamento do PV e ingresso ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS). Decisão que lhe rendeu em 2012, a primeira cadeira para vereança do PHS na Cidade de São Paulo, foi eleito com precisamente 17.918 votos e ainda assumiu a presidência Estadual do partido (PHS). Laércio Benko tem 40 anos, é casado e pai de dois filhos. É o típico cidadão paulistano; que sabe o que é andar de trem, metrô e ônibus no horário de pico; precisou de atendimento médico em hospital público; estudou em escola pública e disputou uma vaga na universidade com toda a dificuldade que o atual ensino público oferece; sofreu com as enchentes no seu bairro; ficou horas em engarrafamento para levar seus filhos à escola; pagou todos os seus impostos e taxas, lutou e venceu!

Permitirá o acesso do Personal Trainer nas academias de ginástica para acompanhamento do aluno sem necessidade de pagamento de taxa extra para a academia.

Proposto pelo vereador
Laércio Benko do PHS

Obrigará a instalação de placas de energia solar em todas as escolas públicas de São Paulo.

Proposto pelo vereador
Laércio Benko do PHS

Garantirá a realização de exames oftalmológicos nos alunos da rede municipal de ensino e fornecerá óculos para os alunos carentes.

Proposto pelo vereador
Laércio Benko do PHS

Criará a Subprefeitura José Bonifácio/ Parque do Carmo (COHAB II).

Proposto por 2 vereadores
Alessandro Guedes do PT

Criará o Programa Agente Cidadão Sênior para que pessoas com mais de 65 anos de idade possam trabalhar na recepção de hospitais e escolas e receber um auxílio no valor de 1 salário mínimo.

Proposto por 12 vereadores
Alessandro Guedes do PT

Calvo do PMDB

Fornecerá gratuitamente absorventes higiênicos para mulheres de baixa renda.

Proposto pelo vereador
Laércio Benko do PHS